Pesquisa da Fazenda prevê um rombo de R$ 79,5 bi para contas neste ano
< Voltar para notícias
725 pessoas já leram essa notícia  

Pesquisa da Fazenda prevê um rombo de R$ 79,5 bi para contas neste ano

Publicado em 18/03/2016 , por SOFIA FERNANDE

A última pesquisa Prisma Fiscal, feita todo mês pelo Ministério da Fazenda com economistas e analistas do mercado, aponta para uma expectativa menor de receitas e para uma alta nas despesas, o que pode levar a um rombo nas contas públicas de até R$ 79,5 bilhões.

Na pesquisa anterior, os analistas ouvidos esperavam um deficit (quando as despesas não financeiras do governo superam as receitas) de R$ 70,7 bilhões.

A edição mais recente do Prisma, divulgada nesta quinta-feira (17) com dados coletados em fevereiro, expõe ainda a expectativa de mais um rombo expressivo nas contas públicas em 2017, indicando a pouca fé do mercado de que o governo conseguirá encampar medidas efetivas de ajuste fiscal e de reequilíbrio da economia.

Para o próximo ano, a pesquisa fala de um deficit de R$ 71,3 bilhões. Na pesquisa anterior, a estimativa era de um deficit de R$ 42,1 bilhões.

Mesmo com o agravamento da crise política, o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, espera enviar até a próxima segunda (21) ao Congresso o projeto de lei que autorizará um abatimento da meta de superavit primário do governo, o que abrirá espaço para um rombo de até R$ 60,2 bilhões, menor do que o previsto pelo mercado.

Com a queda da atividade econômica deprimindo as receitas do governo e a indefinição de muitas medidas com grande impacto fiscal, a equipe econômica terá de achar meios para fechar essa conta.

Na segunda, o governo também quer enviar para apreciação de deputados e senadores as medidas que limitam gastos e que definem a renegociação da dívida dos Estados com a União.

Fonte: Folha Online - 17/03/2016

725 pessoas já leram essa notícia  

Notícias

Ver mais notícias

Perguntas e Respostas

Ver mais perguntas e respostas