1xbet - güvenilir canlı casino - begeni satin al - su kaçağı tespiti - dosya upload - netflix hesap satin al - office 365 satin al - android oyun - bahis siteleri - casino siteleri - güvenilir poker siteleri - casino sitesi - casino giriş - kaçak iddaa - türk porno - esmer sex
Senado aprova isenção de IR para quem ganha até dois salários mínimos
< Voltar para notícias
374 pessoas já leram essa notícia  

Senado aprova isenção de IR para quem ganha até dois salários mínimos

Publicado em 18/04/2024

Captura de Tela 2024-04-18 a?s 11.32.51.png

Segundo o governo, a atualização da faixa de isenção do IR beneficiará 15,8 milhões de brasileiros em 2024; texto seguirá para a sanção do presidente Lula 

Senado aprovou nesta quarta-feira (17) um projeto de lei que isenta do Imposto de Renda (IR) aqueles que ganham até dois salários mínimos por mês, ou seja, R$ 2.824. O texto já havia sido aprovado pela Câmara dos Deputados. Agora, seguirá para sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Apresentada pelo líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), a proposta replica o teor de uma medida provisória, editada por Lula em fevereiro e que já está em vigor. Com a eventual sanção do texto, a MP será revogada, dando lugar à lei.

De acordo com o governo, a atualização da faixa de isenção do IR beneficiará 15,8 milhões de brasileiros em 2024. O Ministério da Fazenda estima uma redução de R$ 3 bilhões em receitas. A medida prevê o aumento da isenção com dois fatores. A faixa de isenção oficial passa para R$ 2.259,20. O contribuinte com rendimentos de até R$ 2.824,00 mensais será beneficiado com a isenção com desconto simplificado de R$ 564, que é opcional.

O teto de isenção do Imposto de Renda estava congelado desde 2015. No último ano, subiu de R$ 1.903,98 para R$ 2.640 mensais, já considerando o mecanismo de desconto criado pelo governo. No mês passado, o governo brasileiro definiu que o novo valor do salário mínimo será de R$ 1.412 com pagamento em fevereiro. Lula prometeu durante a campanha aumentar a faixa de isenção gradativamente ano a ano até chegar a R$ 5 mil no fim de seu mandato, que termina em 2026.

Fonte: Jovem Pan - 17/04/2024

374 pessoas já leram essa notícia  

Notícias

Ver mais notícias

Perguntas e Respostas

Ver mais perguntas e respostas