1xbet - güvenilir canlı casino - begeni satin al - su kaçağı tespiti - dosya upload - netflix hesap satin al - office 365 satin al - android oyun - bahis siteleri - casino siteleri - güvenilir poker siteleri - casino sitesi - casino giriş - kaçak iddaa - türk porno - esmer sex
Mercado financeiro projeta queda na inflação e otimismo na economia brasileira
< Voltar para notícias
300 pessoas já leram essa notícia  

Mercado financeiro projeta queda na inflação e otimismo na economia brasileira

Publicado em 17/04/2024 , por Felipe Cerqueira

Estimativas apontam para um crescimento de 1,95% do PIB, segundo o Boletim Focus, divulgado nesta terça-feira pelo Banco Central; para o dólar e a taxa básica de juros, a tendência é de alta 

mercado financeiro projeta uma queda na inflação e demonstra otimismo em relação à economia do país, de acordo com o Boletim Focus divulgado pelo Banco Central nesta terça-feira (16). As estimativas apontam para um crescimento de 1,95% no Produto Interno Bruto (PIB) em 2024, marcando a nona semana consecutiva de alta nas previsões. A expectativa é que a inflação encerre o ano de 2024 em 3,71%, um percentual inferior ao projetado anteriormente. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a inflação oficial do país, era esperado em 3,79% há quatro semanas. Esses números estão alinhados com a meta de inflação estabelecida pelo BC, que é de 3% para este ano, com uma margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. 

No que diz respeito à taxa básica de juros (Selic) e ao câmbio, as projeções apontam para uma tendência de alta. A expectativa é que a Selic encerre 2024 em 9,13%, acima das previsões anteriores de 9%. Para os anos seguintes, as estimativas se mantêm estáveis em torno de 8,5%. Em relação ao dólar, a cotação esperada para o final deste ano é de R$ 4,97, um aumento em relação às projeções anteriores. Para 2025 e 2026, as expectativas são de que o câmbio se mantenha estável, em R$ 5, com uma leve alta prevista para 2027. As projeções indicam uma cotação de R$ 5,03 para o ano de 2026 e de R$ 5,07 para 2027, demonstrando um cenário de estabilidade e confiança no mercado financeiro para os próximos anos.

Fonte: Jovem Pan - 16/04/2024

300 pessoas já leram essa notícia  

Notícias

Ver mais notícias

Perguntas e Respostas

Ver mais perguntas e respostas