Com a suspensão das atividades, 67% dos empresários estimam perdas acima de 50%
< Voltar para notícias
168 pessoas já leram essa notícia  

Com a suspensão das atividades, 67% dos empresários estimam perdas acima de 50%

Publicado em 06/04/2021

Captura de Tela 2021-04-05 a?s 22.06.17.png

Para 18,5%, o prejuízo deve ficar em torno de (26% a 50%), indica pesquisa do IFec RJ  

Rio - As recentes paralisações de boa parte das atividades comerciais realizadas desde o dia 26 de março, e previstas até quinta-feira (8), têm gerado grande impacto nos negócios dos empresários do comércio de bens, serviços e turismo da cidade do Rio de Janeiro. Segundo levantamento do Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ), 67% dos entrevistados esperam perdas acima de 50% no faturamento durante o período de fechamento.  

Para 18,5%, o prejuízo deve ficar em torno de (26% a 50%). Apenas 4,1% dos comerciantes acreditam que haverá queda de (16% a 25%) da receita, seguidos por 0,8% que creem numa redução de (6% a 15%) do faturamento e 1,3% estimam queda de (até 5%) em suas receitas. Somente 8,3% afirmaram que não esperam por queda na receita até o momento. A pesquisa contou com a participação de 711 empresários da capital fluminense e ocorreu entre os dias 3 e 4 deste mês.

O estudo também indica que, entre os 91,7% que tiveram alguma perda, quando questionados se após esse período de interrupção (14 dias) seus negócios suportariam uma nova paralisação, 89,4% acreditam que "não", do outro lado, estão os 10,6% que creem na sobrevivência de suas empresas.

Já para os 10,6% dos entrevistados que suportariam uma nova paralisação, 36,4% afirmam que seus negócios aguentariam essa perda no faturamento por um período superior a 30 dias, seguidos por 27,3% que aguentariam esse prejuízo por até 30 dias. Para 19,7%, os negócios suportariam essa queda na receita somente por 15 dias e 16,6% acreditam que suas empresas só sobreviveriam por até uma semana.  

Fonte: O Dia Online - 05/04/2021

168 pessoas já leram essa notícia  

Notícias

Ver mais notícias

Perguntas e Respostas

Ver mais perguntas e respostas