Bradesco começa a oferecer crédito por meio do Pix
< Voltar para notícias
232 pessoas já leram essa notícia  

Bradesco começa a oferecer crédito por meio do Pix

Publicado em 04/12/2020 , por Isabela Bolzani

Modalidade só está disponível para pessoas físicas; juros e prazos variam

O Bradesco começou a oferecer crédito por meio do Pix para pessoas físicas. O banco afirma que foram geradas 15 mil propostas de crédito em oito dias –de 16 a 24 de novembro.

As ofertas de crédito serão oferecidas no momento em que o consumidor optar pelo Pix para transferir dinheiro ou fazer um pagamento.

Caso o cliente tente fazer a operação pelo sistema e não tenha recursos o suficiente na conta, o sistema do banco identifica essa situação e oferece uma linha de crédito na hora, para que a transação seja feita.

O crédito, segundo o banco, poderá ser adicional ao cheque especial. 

“Desenhamos algumas modalidades de crédito especificamente para o Pix, que são adaptadas ao perfil do cliente. Dependendo desse perfil e da análise de crédito, o banco oferece uma modalidade. Os juros e os prazos para pagamento também podem mudar conforme as características da operação”, disse o superintendente de produtos e serviços do Bradesco, José Henrique Simões Camargo, à Folha.

Segundo o executivo, todas as condições do empréstimo aparecem na tela do celular do consumidor, que pode decidir na hora se toma o crédito ou não.

A expectativa é que o banco passe a oferecer crédito por meio do Pix também para pessoas jurídicas a partir de janeiro de 2021.

O banco também pretende lançar outros produtos dentro da nova plataforma, via Pix.

“Crédito para pessoa física é o primeiro passo. Temos prevista uma esteira de produtos. Vemos o Pix como uma oportunidade", afirmou o vice-presidente do Bradesco, Eurico Ramos Fabri.

O Bradesco contabiliza mais de 10 milhões de chaves registradas até o 1º de novembro.

O Banco Central lançou o Pix, seu novo sistema de pagamentos instantâneos, em 16 de novembro. Segundo dados da autoridade monetária, mais de 98 milhões de chaves haviam sido cadastradas no novo sistema até esta quarta-feira (2). Na data, as operações com o Pix somaram mais de R$ 3,5 milhões.

Fonte: Folha Online - 03/12/2020

232 pessoas já leram essa notícia  

Notícias

Ver mais notícias

Perguntas e Respostas

Ver mais perguntas e respostas