American Bank tem práticas abusivas de juros e conduta
< Voltar para notícias
261 pessoas já leram essa notícia  

American Bank tem práticas abusivas de juros e conduta

Publicado em 30/07/2020

Números mostram valores excessivos na cobrança de juros   O American Bank Factoring e Fomento Mercantil Ltda está sob suspeita de práticas de crédito abusivas, investigadas pelo jornal O DIA. Uma das empresas prejudicadas é a Fazendas Ecológicas S/A, que firmou contrato em 2014 com o banco, por meio do qual cedeu, pelo valor de R$ 903.210,89, o direito de crédito de R$ 1.405.946,12, "representados por cheques emitidos por Terra Forte Agronegpocios Ltda. Em 2016, a Fazendas Ecológicas se viram obrigadas a assinar um instrumento de confissão de dívida com o aumento do valor para R$ 1.800.833,94. Isso demonstra uma prática abusiva a ser questionada. O banco, que tem como um dos principais cotistas Luiz Fernando Marcondes, ameaça execuções contra créditos a juros denunciados como sendo de agiotas, obrigando clientes a assinar confissões de dívida sobre valores praticamente impagáveis.   No caso, há ainda o papel da Socopa, uma empresa que administra fundos, entre eles o do American Bank. No ano passado, o Banco Paulista foi colhido na Operação Lava-Jato por suspeita de lavagem de R$ 380 milhões no mercado de câmbio. A origem do Paulista é a Socopa, que tem um histórico de atuação punidas no mercado. Em 1997, a Comissão de Valores Mobiliários a multou em R$ 90 mil por operações lesivas a um fundo de pensão, o de funcionários companhia de energia do Estado do Paraná. Na década seguinte, em 2013, por divulgar com atraso informações sobre um dos fundos de investimento que administrava, foi condenada e teve que pagar R$ 12 mil.

Fonte: O Dia Online - 29/07/2020

261 pessoas já leram essa notícia  

Notícias

Ver mais notícias

Perguntas e Respostas

Ver mais perguntas e respostas