Alerta: cuidado com anúncios falsos de lojas populares no Facebook
< Voltar para notícias
609 pessoas já leram essa notícia  

Alerta: cuidado com anúncios falsos de lojas populares no Facebook

Publicado em 20/09/2019

Alerta: cuidado com anúncios falsos de lojas populares no Facebook   Nosso Serviço de Defesa do Consumidor tem recebido muitas ocorrências de associados que foram enganados por anúncios falsos

A PROTESTE vem recebendo, diariamente, ligações de consumidores que realizaram compras utilizando links de anúncios nas redes sociais e acabaram no prejuízo.
Ao navegar pelas redes, como o Facebook, somos impactados pelos mais variados anúncios, em geral relacionados aos nossos interesses. No entanto, é importante tomar muito cuidado

 

Muitos desses anúncios, principalmente aqueles com as ofertas muito vantajosas, tratam-se de fraude. Com frequência, inclusiva, o golpe é feito utilizando nomes e logotipos idênticos, ou muito semelhantes, a grandes marcas, como Americanas.comou Mercado Livre. Depois de realizado o pagamento, normalmente em boleto ou débito em conta, é muito difícil identificar os responsáveis e recuperar o seu dinheiro.

Dessa forma, aconselhamos que fique atento: não acredite em ofertas milagrosasou com valores muito abaixo do mercado. Além disso, faça a compra acessando diretamente o site oficial da loja e jamais pelo link informado no anúncio. Também é importante pesquisar o histórico das reclamações de outros consumidores pela internet, como em nosso canal Reclame.

Fez uma compra e não recebeu seu produto ou está na dúvida se o site é confiável? Não seja enganado! Antes mesmo de fazer a compra, entre em contato com a PROTESTE para orientarmos e ajudarmos a não cair em golpes: ligue para 4003-3907 (de segunda a sexta, das 9h às 18h). 

Uma maneira de economizar é utilizar o plugin “Mais Barato PROTESTE”. Ele faz uma busca automática em diversos sites e indica a loja com o menor preço do seu produto pra você. Clique aqui e comece a utilizar agora mesmo!

Fonte: Proteste - proteste.org.br - 30/08/2019

609 pessoas já leram essa notícia  

Notícias

Ver mais notícias

Perguntas e Respostas

Ver mais perguntas e respostas