Prazo de saques do abono do PIS de 195 mil pessoas no Rio acaba dia 28
< Voltar para notícias
507 pessoas já leram essa notícia  

Prazo de saques do abono do PIS de 195 mil pessoas no Rio acaba dia 28

Publicado em 12/06/2019 , por Max Leone

1_caixa_economica_5714741-7293599.jpg

Trabalhadores ainda não retiraram R$ 125 milhões em agências da Caixa no estado

Rio - A dezessete dias para o fim do prazo, 195,6 mil trabalhadores no Estado Rio com direito ao abono do PIS, referente a 2018, ainda não sacaram os valores que chegam a R$ 125,5 milhões. Em todo o país, são 1,95 milhão de pessoas que estão deixando a retirada para a reta final. Ao todo, há R$ 1,26 bilhão à espera dos beneficiários do programa na Caixa Econômica Federal em todo país. O saque pode ser feito até o dia 28 deste mês. Cada trabalhador tem a receber entre R$ 84 e R$ 998.

Esse pessoal corre o risco, ao perder o prazo de saque — que não será estendido —, e ficar sem o abono. Os recursos não sacados voltarão para o FAT. Além disso, o governo pretende usar recursos do PIS/Pasep para fechar as contas públicas. O objetivo é direcionar os recursos para o caixa do Tesouro Nacional, assim como foi feito com precatórios que não foram sacados por quem ganhou ações na Justiça contra o governo por mais de dois anos em 2017.

A retomada dos valores deverá ocorrer por meio de medida provisória. O governo estima que exista um saldo de R$ 20 bilhões na Caixa (PIS) e no Banco do Brasil (Pasep). A intenção do governo é o cumprimento de meta fiscal. O governo também estuda nova liberação do PIS/Pasep para estimular o consumo. Para o calendário atual, foram destinados R$ 16,9 bilhões para o pagamento de 22,5 milhões de beneficiários em todo o país.

QUEM TEM DIREITO AO PIS

Para ter direito ao abono, o trabalhador precisa estar inscrito no PIS há pelo menos cinco anos e ter atuado com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2017. Deve ter recebido salário mensal médio de até dois salários mínimos. Os dados do empregados também necessitam ter sido corretamento informados pelo patrão à Rais.

O valor do abono a ser pago corresponde ao tempo de trabalho que o beneficiário teve no ano anterior. O número de meses trabalhados é multiplicado por 1/12 do valor do salário mínimo de R$ 998.
Por exemplo, quem trabalhou apenas um mês em 2018, terá R$ 84; dois meses, R$ 167, três meses R$ 250, e assim por diante. O trabalhador que completou o ano poderá sacar o valor cheio.

AGÊNCIAS DA CAIXA

Os trabalhadores da iniciativa privada podem procurar uma agência da Caixa Econômica Federal para consultar se têm direito ao abono. Também é possível verificar pessoalmente, pela internet em www.caixa.gov.br/PIS ou pelo 0800-726 02 07.

LOTÉRICAS

O saque do abono para não-correntistas é feito com o Cartão do Cidadão em qualquer casa lotérica, pontos de atendimento Caixa Aqui ou aos terminais de autoatendimento da instituição. Sem o Cartão, o valor pode ser retirado em qualquer agência do banco. É exigido documento de identificação.

CARTÃO CIDADÃO

O saque do abono para não-correntistas é feito com o Cartão do Cidadão em qualquer casa lotérica, pontos de atendimento Caixa Aqui ou aos terminais de autoatendimento da instituição. Sem o Cartão, o valor pode ser retirado em qualquer agência do banco. É exigido documento de identificação.

PASEP

O Pasep pode ser retirado no BB, mediante a apresentação de um documento oficial com foto.

Fonte: O Dia Online - 11/06/2019

507 pessoas já leram essa notícia  

Notícias

Ver mais notícias

Perguntas e Respostas

Ver mais perguntas e respostas