Confira como economizar na conta de luz
< Voltar para notícias
445 pessoas já leram essa notícia  

Confira como economizar na conta de luz

Publicado em 22/05/2019 , por Martha Imenes

economizar-energia-dicas.jpg

Evitar banho muito demorado e desligar aparelhos garantem redução de 40%

Rio - O clima com temperaturas mais amenas aliado à bandeira amarela nas contas de luz - que cobra R$ 1 a cada 100 quilowatts de consumo - impactam nas faturas no fim do mês. E com friozinho há quem não dispense o uso chuveiro elétrico no modo inverno. E isso reflete diretamente nos valores a pagar. Para dar uma aliviada no bolso, O DIA pegou dicas que possibilitam economia de até 40% no gasto com energia elétrica.  

"É preciso revisar os hábitos para que a conta de energia não estoure o orçamento familiar", adverte o economista Gilberto Braga, professor do Ibmec e da Fundação D. Cabral.

 

E a melhor maneira de economizar, segundo a Light, é priorizar o controle dos aparelhos classificados como vilões do consumo. E os maiores deles são: chuveiro, ar-condicionado, geladeira, iluminação, ferro elétrico e computadores.  

CHUVEIRO ELÉTRICO  

Diminuir o tempo de banho quente no período mais frio, para quem tem chuveiro elétrico, e trocar a iluminação para lâmpadas de led são duas das principais dicas que podem fazer com que a conta dê um alívio no bolso.  

"A lâmpada de led, embora tenha o custo da troca, consome 1/3 da mesma energia que uma lâmpada comum", explica o professor.  

Usando o chuveiro elétrico de maneira consciente, o consumidor diminui os gastos de energia em 20%, informou a Light. A orientação é manter a chave seletora do aparelho na posição "verão". Além de reduzir o tempo do banho pela metade.   E para os calorentos, Gilberto Braga dá outra orientação: "Evite o uso do ar-condicionado no inverno já que o clima está mais ameno. Existe a opção do circulador de ar que é bem mais econômica".  

A geladeira permanece ligada o dia todo e para ajudar na economia a recomendação é prestar atenção na borracha da porta. "Se não fechar corretamente, desperdiça energia e ainda pode prejudicar o armazenamento dos alimentos", avisa o professor.  

"Evite abrir a geladeira diversas vezes, pegue tudo que vai precisar naquele momento de uma só vez para não ter desperdício de energia", acrescenta Gilberto Braga.  

Outras medidas também ajudam a baixar os gastos  

Para chegar a uma economia de 40% na conta de luz, os consumidores podem adotar outras medidas. Uma delas, por exemplo, é acumular a roupa lavada para passar e não ligar o ferro em várias etapas.

"Apagar as lâmpadas dos ambientes não utilizados e vigiar os hábitos das crianças e de parentes que esquecem as luzes acesas também ajuda bastante", acrescenta o professor Gilberto Braga.

Fechando a conta para economizar uma grana de energia elétrica vem uma das dicas mais populares e muitas pessoas nem se ligam: tirar os aparelhos eletrônicos da tomada. Isso porque, em média, 10% da energia consumida em casa é gasta por aparelhos ficam no chamado stand by. 

"Em média temos numa residência 15 equipamentos que utilizam essa tecnologia. Um decodificador de TV a cabo só é usado cerca de cinco horas por dia. Retirá-lo da tomada nas outras 19 horas, por exemplo, gera uma boa economia de energia", informou a Light.  

O professor complementa: "Muitos deixam o computador ligado em espera o dia todo, impressora ligada, aparelho de ar-condicionado ligado. TV a cabo ligada 24 horas e etc, mesmo aparelhos sem uso que são mantidos na função stand by acabam consumindo energia. O melhor é tirá-los da tomada se não for usar".  

Priorizar a troca de aparelhos eletrodomésticos, como geladeira, máquina de lavar, por exemplo, por aqueles que tenham selo Procel de eficiência energética também é uma recomendação de especialistas a ser seguida. Essa certificação é uma espécie de etiqueta que identifica os aparelhos que são mais econômicos.

Fonte: O Dia Online - 21/05/2019

445 pessoas já leram essa notícia  

Notícias

Ver mais notícias

Perguntas e Respostas

Ver mais perguntas e respostas