O que o fenômeno Jojo Todynho e suas finanças têm em comum?
< Voltar para notícias
663 pessoas já leram essa notícia  

O que o fenômeno Jojo Todynho e suas finanças têm em comum?

Publicado em 19/02/2018 , por Michael Viriato

“Que tiro foi esse?” Foi com esse hit que a cantora de funk Jojo Marronttinni, conhecida como Jojo Todynho ficou nacionalmente conhecida e assediada por fãs. Você lembra qual foi o hit do ano passado? O comportamento médio que se observa nos indivíduos frente a esses hits acaba se refletindo também em aspectos financeiros. Discuto abaixo dois vieses comportamentais e como se prevenir de cometer essa falha.

Consumo
Assim como pelo hit da Jojo Todynho, somos constantemente expostos a novidades de consumo efêmeras e que no ano seguinte mudam e nos fazem consumir novamente. Anualmente, o lançamento de um novo modelo de celular e sua propaganda nos faz pensar que precisamos da nova aplicação que o modelo apresenta em relação ao anterior. O mesmo ocorre com automóveis e bens de consumo de forma geral. A compra de bens supérfluos é uma das principais razões para o desequilíbrio financeiro e, consequentemente, para o endividamento familiar.

É difícil segurar a tentação e a tecnologia não colabora, pois com um simples click é possível realizar a compra sem precisar abrir a carteira. Portanto, aqui vai a primeira dica, retire seu cartão de crédito do cadastro de sites de compras, evitando assim a compra sem esforço.

Evite comprar um bem na primeira vez que vir a novidade em um anúncio. Comprometa-se sempre a adiar a compra de qualquer bem pelo menos por um mês depois de o desejar. Dessa forma, terá um prazo razoável para analisar se ele é realmente necessário ou se está apenas realizando uma aquisição por impulso.

Planeje suas aquisições. Em vez de se endividar depois de adquirir um bem, crie o hábito de poupar o suficiente para a compra. A dívida faz com que o bem saia mais caro devido aos juros pagos. Se poupar para realizar a compra, ele sairá mais barato, pois em vez de pagar juros, você receberá juros de suas aplicações.

Investimentos
Em relação aos investimentos, somos atraídos pela rentabilidade extraordinária que um ativo ou fundo de investimento apresentou recentemente. Frequentemente, o ativo com melhor desempenho em um ano foi o que apresentou o pior desempenho no ano anterior e, possivelmente, pode fazer você perder dinheiro se investir após a valorização que o atraiu.

No ano passado um ativo atraiu a atenção de todos por sua valorização e fez com que muitos acreditassem não haver limites para seu preço. O Bitcoin se desvalorizou mais de 50% justamente após atrair o maior número de negociadores. O mesmo ocorre com fundos de investimento. Os investidores são atraídos pelo melhor desempenho do ano anterior, que muitas vezes é propagandeado nas mídias.

Sempre vai haver um ativo ou gestor que estará a frente no ano. Avalie com cuidado, pois muitas vezes seu risco pode não compensar e o retorno pode não ser sustentável. Analise períodos longos, de preferência de três anos e ajuste o retorno pelo risco, conforme já escrevi anteriormente.

Fuja de ativos efêmeros. Planeje suas compras e seus investimentos. Assim, no ano seguinte você terá mais e poderá comprar mais.

Fonte: Folha Online - 18/02/2018

663 pessoas já leram essa notícia  

Notícias

Ver mais notícias

Perguntas e Respostas

Ver mais perguntas e respostas